Oxalá


Características:

Cores e Contas: Branco
Símbolo: Apoxorô
Dia da Semana: Sexta-Feira
Comidas: canjica, acaçá de inhame, arroz com peito de frango, arroz doce.
Saudação: Epa Bábá!





Oxalá "O grande orixá", ocupa uma posição única e inconteste do mais importante ORIXÁ e o mais elevado dos deuses yorubás.

É o dono da argila e da criação, onde molda os seres humanos em barro.
Senhor do silêncio, do vácuo frio e calmo, onde as palavras não podem ser ouvidas.
É o detentor do poder procriador masculino.
Todas as suas representações incluem o BRANCO.

É um elemento fundamental dos primórdios, massa de ar e massa de água, a pró-forma e a formação de todo tipo de criaturas no Aiyé e no Orun.
Ao incorporar-se, assume duas formas:
Oxaguian jovem guerreiro, e Oxalufan, velho apoiado num bastão de prata (Apoxorô).

OXALÁ lá é alheio a todo o tipo de violência, disputas e brigas; gosta de ordem, da limpeza e da pureza.
A sua cor é o branco e o seu dia é a sexta-feira.
Os seus filhos devem vestir branco neste dia. Pertencem a Oxalá os metais e outras substâncias brancas.

OXALÁ recebe os mais diversos nomes, entre eles, os mais importantes são :
Orixalá, ou seja, o grande Orixá, ou então, Obatalá, rei do pano branco.
No entanto são Oxalufan e Oxaguian suas principais expressões que se tornaram as mais conhecidas.

A cor branca se configura como a cor da criação, guardando a essência de todas as demais. O branco representa todas as possibilidades, a base de qualquer criação. O nome Orixalá foi contraído e deu origem à palavra Oxalá, e foi assim com esse nome que o grande Deus Pai passou a ser conhecido.

Oxalá é o próprio Oxalufan mais velho e paciente. Todas as histórias que relatam a criação do mundo passam necessariamente por Oxalá, que foi o primeiro Orixá concebido por Olodumarê e encarregado de criar não só o universo, como todos os seres e todas as coisas que existiriam no mundo.

No Xirê (festa em homenagem aos Orixás), Oxalá é homenageado por último porque é o grande símbolo da síntese de todas as origens. Ele representa a totalidade. Ele é o único Orixá que, como Exu, reside em todos os seres humanos. Todos são seus filhos, todos são irmãos.


Oxaguian
Características:
Seu elemento: Ar e Água
Seu temperamento: Quente
Sua regência: Vida, criatividade, estratégia, a guerra, as invenções, a inteligência, o debate, o
brilho, o dia!

Sua cor: Branco, matizado de azul, cor que leva em honra à Ogum seu companheiro.
Seus instrumentos: mão-de-pilao, a espada, a lança, o escudo, o rabo de cavalo e a
vareta de amoreira

Comida preferida: inhame pilado.
Animais consagrados: pombos e cavalos brancos e camaleão.

O Orixá:

“Exeu ê! Epa Babà!! Kabiesy Oxaguian!”

Oxaguian em Yorubá significa “o nascer do sol” e é filho de OXALÁ, que é o senhor único de TODOS os ORIXÁS.

Oxaguian, “o moço” é a expressão de OXALÁ em sua forma "guerreira" e carrega uma espada e o escudo, cheio de vigor e nobreza.

Oxaguian é enérgico e guerreiro, de colar branco com azul real, valente, de caráter romântico e vigoroso. ELE é ágil e combativo, genioso, calado, majestoso e altivo.

É também um Orixá enganador, porque sempre mostra as duas faces: a guerra e a paz.

Oxaguian
é considerado um Orixá de alimentos branco (inhame- insu), mas ELE também esconde o lado vermelho da espiritualidade. É muito arteiro, muito teimoso, engana até a morte. Traz no seu bojo um grande carrego espiritual e os babalorixás têm que ter bastante cuidado para cultivá-lo, justamente pelas duas faces que tem.

É considerado o santo das derrotas, das lutas, das batalhas, das guerras, mas também considerado um Orixá que trás muita vitória quando resolve vencer uma demanda.

Oxaguian e Ogum andam juntos transformando o mundo. Oxaguian depositando o conflito de idéias e valores que mudam o mundo e Ogum fornecendo os meios para a transformação seja a tecnologia ou a guerra.

Oxaguian
é sempre o prenuncio de mais vida, onde ELE entra a vida se renova, o tempo de vida se prolonga, as atividades retomam força, os objetivos se redefinem ou se discernem melhor os ideais.

É o ORIXÁ que limpa e define as coisas... o brilho afiado que define tudo, que exalta os ânimos, os vícios e as virtudes, que traz à tona à verdade, e os contrastes, colocando tudo em seu devido lugar. Nada mais se paira a sombra.

Saudemos então o grande senhor da vida!
Salve o grande guerreiro branco que desconhece a derrota ! Saudemos o amanhecer do dia, quando surgem os primeiros raios de vida e luz!


Oxalá
O Orixá:

Nação Ketu
Oxaguian
Oxalufan - Oxalá Velho

Oxaguian – Oxalá Moço